.

.

segunda-feira, 18 de outubro de 2021

E as eleições na Bahia?

 
Relatório recente da Eurasia Group, uma das mais respeitadas consultorias de análise política do mundo, ressalta que “Bolsonaro enfrentará um caminho difícil para reeleição”, pois, “atualmente, ele tem um índice de aprovação de cerca de 30%”, mas, “de acordo com um conjunto de dados de mais de 300 eleições compilado pela IPSOS, que corresponde aos índices de aprovação antes da eleição com chances de vitória, Bolsonaro precisaria superar 40% de apoio”. Com 30% de apoio, a chance de Bolsonaro ser reeleito é de 19%, mas isso não quer dizer que não há margem para o presidente recuperar-se a tempo.

E o que a Bahia tem com isso? ACM Neto negou publicamente que tivesse indicado João Roma para o Ministério da Cidadania, embora não haja sinais claros de ruptura do criador com a criatura. Roma foi alçado para cuidar de um orçamento de bilhões de reais, tornando-se, inclusive, um “porta-voz” dos aliados de Neto nas andanças pelos gabinetes de Brasília.

Passados alguns meses, vê-se um “jogo de compadre” entre Neto e Roma, com um afastamento calculado, pois Roma se movimenta na Bahia nas bases de Neto, com aval para tentar atrair prefeitos da base aliada de Rui Costa. Lançar-se candidato a governador para criar um palanque para Bolsonaro não será possível sem o interesse de ACM Neto, forçando um segundo turno. Vale lembrar que 40% dos votos de Roma (33.567 de 84.455) para deputado federal foram colhidos em Salvador; logo, as suas bases estão ligadas à máquina municipal da qual fez parte até 2018.

 As falas do prefeito Bruno Reis (DEM), com deferências à presença de Bolsonaro em Salvador, correspondem à lógica de que Neto não vai dispensar as forças bolsonaristas; ao contrário, vai abrigá-las de olho na sua sobrevivência política. João Roma é o centro desta estratégia.

Estamos diante de três pré-candidaturas ao governo baiano, com tempos políticos diferentes: João Roma, em compasso de espera acerca do que farão Bolsonaro e Neto na Bahia, vê sua pré-campanha até aqui depender da caneta do governo federal, sem que haja um milímetro de discordância ou crítica a seu criador na política baiana. 
ACM Neto se movimenta abertamente, azeitando os pontos fracos do legado petista na Bahia, enquanto vai organizando apoios e adesões à criação de seu novo partido, o União Brasil.
Já o PT vive o consenso em torno da necessidade de lançar o senador Jaques Wagner mais uma vez ao governo, porém demonstra pouca ou nenhuma intenção de fazer um balanço profundo dos erros e acertos cometidos nos últimos anos; tampouco revela de que forma apresentará um programa renovado e crítico para continuar liderando a política baiana. Quais aliados dos petistas toparão debater o que virou a Bahia pós-carlista de 2007 para cá?

*Cláudio André é Professor Adjunto de Ciência Política da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB) e um dos organizadores do “Dicionário das Eleições” (Juruá, 2020).

A Lista 71 vai acelerar o Aeroporto de Valença, na Praia do Guaibim

 

Já acelerou sua "nave" em uma pista de aeroporto com total segurança? Então, nos dias 30 e 31 de outubro vai rolar a primeira etapa do evento A Lista 71, no Aeroporto de Valença. Os pilotos vão acelerar forte com total segurança e ainda aproveitar o feriado na linda Praia do Guaibim.

A lista dos carros mais rápidos da área 71 - Bahia. Batalha 201 metros no Aeroporto de Valença. 50 carros e um único rei! O evento atrai os amantes e apreciadores de adrenalina e, em Valença, não será diferente. Esse novo evento foi configurado para ser uma competição de arrancada para o deleite dos participantes e apreciadores.


O evento será uma realização da Burnout Brasil, produção da Tempopratudo, com total apoio do Governo de Valença, através da secretaria municipal de Turismo e do Grupo MPE Engenharia. Evento fechado para pilotos e convidados.

Por Vanessa Andrade - V1 Comunicação

Informações/imagens: A Lista 71 e Setur Valença

Tranquilidade marca volta às aulas 100% presenciais na rede estadual

 
A volta às aulas 100% presenciais na rede estadual de ensino da Bahia nesta segunda-feira (18), após um ano e sete meses de suspensão por causa da Covid-19, foi tranquila em Salvador e nas maiores cidades do interior. A expectativa é de que 900 mil estudantes retornem às atividades.
 
De acordo com o G1, na capital e nas cidades de Barreiras e Vitória da Conquista, que ficam no oeste e sudoeste baiano, assim como em Feira de Santana , e em Juazeiro, na região norte, a situação se repetiu.
 
O Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Bahia (APLB) é contrário ao retorno das atividades presenciais e protocolou uma ação no Ministério Público da Bahia (MP-BA). Para o sindicato, algumas escolas não têm estrutura para garantir as medidas sanitárias para a segurança dos alunos e do corpo docente.
 
O Ministério Público do Trabalho diz que acompanha de perto retorno, e que montará uma comissão para fiscalizar escolas, sem aviso prévio de qual unidade será vistoriada.
 
A previsão é de que o ano letivo siga até o dia 28 de dezembro, nas mais de 25.700 unidades, espalhadas nas 417 cidades do baianas. 

Cairu: O Perfeito Hildécio Meireles convocou reunião para tratar das concessões de terminais marítimos de Morro de São paulo, Gamboa e Boipeba.

 

Com o objetivo de ajustar procedimentos e responsabilidades na execução de serviços de concessão dos terminais marítimos de Morro de São Paulo, Gamboa e Boipeba, foi realizada nesta segunda-feira (18) uma reunião convocada pelo prefeito municipal de Cairu, que contou com as participações da Concessionária responsável pela administração dos referidos terminais e a Astram – Associação de Transporte Marítimo.

Como consequência, a Prefeitura vai notificar a Concessionária dos termos do contrato de concessão, bem como, solicitar a apresentação do plano de embarque e desembarque e controle de fluxo de passageiros. A Astram será notificada quanto ao cumprimento das regras estabelecidas pela AGERBA.
A Empresa Edifica será notificada para o cumprimento do cronograma de obras da recuperação estrutural do Terminal de Morro de São Paulo.
Ficou determinado ainda que a Secretaria Municipal de Infraestrutura tome imediatas providências no sentido de realizar reparos emergenciais no Terminal da Gamboa.

Novo Terminal Hidroviário de Valença será entregue no próximo sábado (23)

 
O Novo Terminal Hidroviário de Valença será entregue a população no próximo sábado, dia 23 de outubro, às 11 horas, pela empresa Dáttoli, com a presença de autoridades. A população em geral também poderá prestigiar a cerimônia, que é aberta ao público, cumprindo os protocolos sanitários.
Construída com recursos privados, a obra foi iniciada na gestão do ex-prefeito Ricardo Moura, fruto de concessão pública, e foi planejada para otimizar o translado marítimo, além de desafogar o trânsito.
Com a inauguração, os usuários passarão a utilizar a estrutura localizada no novo endereço que fica no final da Orla (Avenida Maçônica) para fazer a travessia para as ilhas de Cairu, mudando todo o fluxo de passageiros na cidade.
Logo em seguida, as obras do Mini Gula serão iniciadas.
A empresa Dáttoli explicou que a nova praça do Mini Gula é uma das contrapartidas previstas na concessão pública e não seria possível executar os serviços de construção enquanto o cais ao lado não fosse desativado, porque poderia atrapalhar o fluxo de embarque e desembarque de passageiros. Além disso, a intervenção estrutural aguardava licenças ambientais, agora já autorizadas.
O projeto prevê ainda a construção do Terminal de Cargas e Descargas, que será construído no final da Avenida Dendezeiros.
Além das novas três estruturas [terminal de passageiros, terminal de carga e descarga e praça do Mini Gula], a recuperação do Terminal de Bom Jardim também faz parte da concessão. Atualmente, o Atracadouro está sendo requalificado passando por serviços de reforma e ampliação a fim de melhorar as instalações e atender adequadamente o fluxo no próximo verão. Fonte: 
baixosulempauta.

Maré baixa suspende travessia Salvador-Mar Grande por 2h30

 
A maré baixa suspendeu a travessia Salvador-Mar Grande nesta segunda-feira, dia 18. As operações foram interrompidas às 6h30 e só serão retomadas às 9h, na capital. Em Vera Cruz, a suspensão é das 7h às 9h30. Os últimos horários foram antecipados para 18h20, a partir de Salvador, e 18h no sentido inverso, pelo mesmo motivo.
Com a maré baixa, as embarcações não conseguem atracar no terminal de Mar Grande, na Ilha de Itaparica, por causa da profundidade do canal de navegação. De acordo com a Associação dos Transportadores Marítimos da Bahia (Astramab), sete embarcações estarão à disposição, quando o sistema retornar. As saídas serão a cada 30 minutos, nos dois terminais: Náutico, em Salvador, e Vera Cruz, na Ilha de Itaparica.
Os catamarãs para o Salvador-Morro de São Paulo operam normalmente nesta segunda-feira. Os próximos horários serão: 9h, 10h30, 13h e 14h30, saindo da capital. Do Morro para Salvador, os horários serão: 9h, 11h30, 13h, 14h30 e 15h. A viagem dura em média 2h20 e a passagem individual custa R$ R$ 113. Já as escunas que fazem o passeio às ilhas dos Frades e Itaparica, na Baía de Todos-os-Santos saem a partir das 9h e retornam às 17h30. A tarifa é de R$ 60 por pessoa.
G1/ Bahia

domingo, 17 de outubro de 2021

Festival Gastronômico movimenta Morro de São Paulo e Boipeba

 

O início dos grandes eventos do verão 2021/2022 no Arquipélago de Cairu apresenta como atração do mês de outubro o Festival Gastronômico de Morro de São Paulo e Boipeba, que acontece de 15 a 31 de outubro.

O evento, que é fruto de uma parceria entre a Associação Comercial e Empresarial de Cairu (ACEC) e a Prefeitura de Cairu, teve sua abertura neste sábado (16) na Fortaleza Tapirandu de Morro de São Paulo e contou com a presença do prefeito Hildécio Meireles.

Na abertura, um sunset especial brindou o público com Tatau, ex Araketu, com o melhor da música baiana.

De acordo com os organizadores, o Festival Gastonômico conta com a participação de restaurantes de Morro de São Paulo e Boipeba, que vão oferecer o que tem de melhor na gastronomia local, além de música, feira de artesanato, palestras e outras ações voltadas para a gastronomia
Ascom – Prefeitura de Cairu


sábado, 16 de outubro de 2021

Prefeitos (a) do Ciapra Baixo Sul, discutem Manifestação de Interesse Privado sobre Resíduos em assembleia extraordinária

 Na manhã de hoje (14), aconteceu uma assembleia extraordinária de prefeitos e prefeitas do Ciapra Baixo Sul na sede do consórcio em Ituberá.
A principal pauta do dia foi a Deliberação de Autorização da Manifestação de Interesse Privado para Coleta, Transporte e Destinação Final dos Resíduos Sólidos no Território Baixo Sul, que está em tramitação no Consórcio.
A Lei n° 14.026/2020 do novo marco regulatório do saneamento básico, torna obrigatório aos municípios a elaboração do plano de gestão de resíduos sólidos e que disponham de mecanismos de cobrança que garantam sua sustentabilidade econômico-financeira.
Representantes da Torre Construções Ltda apresentaram os detalhes da proposta para a empresa desenvolver, por sua conta e risco, estudos técnicos visando a viabilidade, levantamentos, investigações, pesquisas, soluções tecnológicas, informações técnicas, projetos ou pareceres de interessados, necessários à realização de projetos de parcerias público-privadas - PPP, na modalidade de concessão patrocinada ou comum, de ampliação de exploração e prestação dos serviços de coleta, transporte, transbordo e tratamento de resíduos sólidos domiciliares (RDO), bem como o de destinação final ambientalmente adequada dos resíduos sólidos domiciliares (RDO), da limpeza urbana (RPU) e resíduos dos serviços de saúde (RSS).
Todos os municípios aprovaram o prosseguimento da Manifestação de Interesse Privado apresentada pela Empresa Torre Construções Ltda. Ciapra Baixo Sul